O Erotismo e a Sensualidade para ver e ouvir... no Silêncio da Noite!

6.3.18

Amar Pelos Dois



Quando te conheci, renasci. Quanto te perdi,... Morri

2.1.18

Flying Without Wings



Você é aonde minha vida começa... E é onde ela terminará

23.11.17

Stand By Me



Não derramarei uma lágrima desde que você fique comigo

13.11.17

Nunca Ninguém Te Amou...




"Nunca ninguém te amou como eu te amei"

26.9.17

I Can't Take My Eyes Off You



FLeão

"Não consigo tirar meus olhos de ti"



31.5.16

Memory



ABrito

"Eu não sei o porquê depois de tantos anos"

14.1.16

Tonight I Celebrate My Love



ABrito
 Em meio aos sonhos, o desejo
 Busca a realização
 Na ânsia de se esgotar...
 Bocas se perdem no beijo
 No fogo em que arde a paixão
 No gosto suave de amar 
 Aos poucos vem a loucura
 À procura dos sentidos
 Dominando a ansiedade
 Numa explosão de ternura
 Ambos se sentem perdidos
 Tocando a eternidade. 

 Os corpos se movimentam
 Como louca sintonia
 Feito uma dança imortal
 Os corações se alimentam
 Do impulso da energia
 Que é própria e natural

 Assim atravessam a madrugada
 Entregues ao louco prazer
 Como a se embebedar
 Duas almas de mãos dadas
 Dois corações a bater
 Dois corpos a se completar

 Unem fronteiras e espaço
 Celebram a conexão
 Do que era individualidade
 O mundo se resume no abraço
 Que provoca a explosão
 Até a saciedade...

 Entregam-se inebriados
 Ao mundo das sensações
 Isentos de culpa ou pudor
 Amantes cumpliciados
 Ardendo em suas paixões
 No doido jogo do amor... 

23.11.15

The Lady In Red





Jana Vieras

"... E, naquela noite, tu de vermelho, te possuí"

28.8.15

Everytime it Rains



ABrito


............... A alma anda desencontrada do corpo
............... tenho de buscar na memória o que toquei
............... sigo o rasto das lembranças
............... até chegar ao Esquecimento.

............... Sinto saudades... não sei ao certo
............... o corpo não me responde
............... a alma atormentada não sente.

............... O tempo vivido não é o tempo sentido
............... sempre o tempo...
............... infinito na escuridão
............... tão escasso para a satisfação.

............... O Antes no Agora para o Depois,
............... esconde-se o vazio,
............... adormece-se a alma,
............... julgo vencer o tempo
............... mas permanece o desencontro...

14.5.15

Angel Of the Morning



"Se um dia uma brisa leve e suave tocar teu rosto, não tenhas medo, é apenas minha saudade que te beija em silêncio."